Laudicéia Pietsch Scussel

18 02 2010

Médico dá recomendações sobre uso de mochilas pelas crianças

Crianças
são organismos em formação e por isso não deveriam ser submetidas a
excessos de carga repetidos

Peso do acessório deve ter no máximo 10% do peso do aluno. Ele nunca deve ser carregado em um ombro só.

Todos os anos o recomeço da aulas traz
mais uma preocupação para os pais de alunos. O peso das mochilas que
carregam material escolar e livros.

Não existe uma regra cientificamente
estabelecida para definir quanto uma criança pode levar de peso. As
tabelas de carga repetida que já existem são para adultos e estão
escritas nas regras de ergonomia para segurança do trabalho.

Os médicos pediatras e ortopedistas se
deparam com pais aflitos que levam seus filhos que se queixam de dores
nas costas e na região do ombro.

Uma regra geral consagrada é a de que o peso das mochilas não deve exceder 10% do peso corporal da criança.

As crianças e jovens são organismos em
formação e por isso não deveriam ser submetidas a excessos de carga
repetidos. Esse excesso pode levar a problemas de saúde que vão se
refletir no futuro.

Aqui vão algumas dicas que podem ajudar
aos pais na hora de escolher as mochilas para seus filhos. Além do
limite de peso a ser carregado as mochilas devem se adequadas. As
características das mochilas ideais são:

Alças largas para distribuir o peso nos ombros.

Fita que liga as alças na altura do peito para evitar que a mochila fique balançando.

A largura da mochila não pode exceder os limites dos ombros da criança.

A mochila deve ter a parede mais rígida para dar apoio às costas.

A altura da mochila não deve passar de 5 centímetros abaixo da linha da cintura.

Idealmente as mochilas maiores devem ter uma faixa abdominal de apoio para distribuir o apoio do peso nos quadris.

As mochilas não devem nunca ser carregadas em um ombro só.

 Tudo isso enfrenta a resistência dos
alunos que dão preferência aos modelos de marca e que estão em
evidência, já que uma mochila adequada não é o que se pode chamar de
“fashion”.

 Fica para os pais a missão de tentar
conversar com o colégio para que a programação dos estudos não exija
que os alunos levem todo o material todos os dias.

 A opção por mochilas com rodinhas
diminui o esforço das crianças, porém traz questões de segurança na
movimentação das crianças que correm com as mochilas e podem causar
acidentes em escadas e na passagem por calçadas e desníveis.

 É um problema que deve ser enfrentado em conjunto pelos pais, colégios e alunos.

 

Fonte:  Luis Fernando Correia


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: