Saúde do Trabalhador

7 03 2010
Saúde
e Segurança do Trabalhador
  Os
atuais desafios

A
Saúde enquanto patrimônio do trabalhador
é condição essencial e fundamental
para o convívio social, indissociável do
trabalho, ferramenta primeira no desenvolvimento das relações
de produção. A força de trabalho
humana por sua pujança, poder criativo e transformador
vem ao longo dos séculos, escrevendo capítulos
de lutas e mudanças na história da humanidade
e, nas complexas relações com o modo de
produção vigente com o Estado, bem como,
na dominação e na libertação
dos povos.

Nas
contradições neste processo de evolução
do homem, a dialética sempre esteve presente, manifestada
entre ciência x religião, capital x trabalho,
poder x dominação, produção
x apropriação, rigidez x doença,
medicina preventiva x medicina curativa, razão
x emoção e no estudo do processo saúde
x doença, estas variáveis de vem ser analisadas
em seu conjunto, pois no campo da determinação
social da doença, estão presentes inúmeros
fatores causais: predisponentes, desencadeantes e agravantes.


Assim, seja nas "maravilhas" edificadas pelos
antigos impérios, com o ceifar prematuro de milhares
de vidas de escravos, por pestes, desnutrição,
violência e acidentes, como na história moderna,
com os "neo-colonizadores" dos países
e grandes grupos financeiros da era da globalização
da economia mundial, representantes modernos daquelas
castas, que vem levando hordas de trabalhadores a serem
excluídos do processo de produção,
com o desemprego em alarmantes índices a nível
mundial, acirrando e mantendo conflitos étnicos
e religiosos, com políticas de corte de direitos
sociais e trabalhistas, entre outros.


Estas medidas irremediavelmente vem conduzindo a um processo
onde retornam qual ciclo previsível, a desnutrição,
a fome, as pestes que nos atormentaram outrora: tuberculose,
dengue, hanseníase, e mais recentemente a AIDS
que junto com elevada incidência de doenças
e acidentes no trabalho, vem ceifando a vida de milhares
de trabalhadores e suas proles em todo o mundo.


Soma-se a este processo, a avassaladora e desmedida exploração
dos recursos naturais e, a um processo de industrialização
que despeja poluentes em mananciais, liberando poeiras,
névoas e gases na atmosfera, conduzindo a um inexorável
processo de desequilíbrio ambiental, promovendo
alterações no ecossistema e na qualidade
de vida das comunidades e das demais espécies de
nosso planeta.

 

 

 

Entretanto,
estas alterações não se limitam ao
meio ambiente e ao local de trabalho, pois podem induzir
a outros mecanismos de agressão ao ser humano,
como a potencialidade carcinogênica, mutagênica
e teratogênica de inúmeros produtos, como
exemplo: agrotóxicos, solventes e radiações
ionizantes e eletromagnéticas.

Neste
contexto, a higiene e segurança no trabalho, enquanto
cuidado individual e coletivo, implica em uma constante
vigilância sobre o processo de trabalho, por parte
técnicos, trabalhadores e sindicalistas, pois neste
novos tempos, com a terceirização, os limites
da antiga fábrica já não são
nítidos e, a constante fragmentação
do trabalho e a maciça incorporação
de tecnologias de automação vem modificando
substancialmente o papel do trabalhador junto ao coletivo.


Os novos paradigmas da qualidade total, produtividade,
"just in time" e outros tantos, incorporados
aos programas das empresas, tem em seu ideário
a busca de mecanismos de controle da produção,
induzindo o trabalhador a ter um comportamento mais competitivo
e individualista.

Neste novo modelo, surgem as epidemias de final do século,
como as LER: Lesões por Esforços Repetitivos
e problemas de saúde mental ligados ao trabalho.
Acreditamos que dentre os objetivos do trabalho não
está somente o de sobreviver, atender as necessidades
básicas da vida; existem outras motivações
e sonhos perseguidos pelo ser humano como fruto do seu
labor cotidiano.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: